7 ferramentas que ajudam na proteção e combate à violência contra a mulher

Sites e aplicativos que empoderam e ajudam mulheres na luta contra a violência seja ela física ou psicológica, por mais igualdade de gênero, pelo fim da prática de abusos cometidos e pelo empoderamento feminino.

1 . Rede Mete a Colher – Ajuda mulheres vítimas de violência doméstica ou com relacionamentos abusivos

A rede foi criada para dar apoio a mulheres que sofrem de violência doméstica ou abusos no relacionamento. O aplicativo foi criado a partir de uma campanha bem-sucedida por financiamento coletivo no site Benfeitoria e funciona dando suporte a essa rede servindo de ponte virtual conectando de um lado aquelas que buscam algum tipo de ajuda para o problema e do outro lado aquelas que podem ajudar com dicas, apoio jurídico e oportunidades para sair de relações abusivas e seguir o caminho que quiserem, felizes, livres e independentes.

É preciso destacar que a ajuda oferecida não consiste apenas em apoio psicológico, mas também jurídico e financeiro com oportunidades de inserção no mercado de trabalho oferecendo vagas, cada interessada em ajudar tem a opção de selecionar algumas das categorias. O diferencial da ferramenta é na garantia do sigilo de dados e da privacidade das usuárias que se conectam por ela já que as mensagens são apagadas depois de alguns dias, impedindo o acesso de terceiros ás mesmas. Informações listando centros de apoio, delegacias, ouvidorias, hospitais e outros pontos de suporte podem ser encontrados na Rede Mete a Colher.

O aplicativo é gratuito, está disponível nas plataformas Android e iOS mas tem um detalhe: Apenas mulheres podem acessar a ferramenta e esse cadastro é controlado no acesso que é feito através do login do Facebook. O projeto foi uma ideia entre mulheres recifenses que nasceu em um evento de startups, o Startup Weekend Women, voltado para mulheres empreendedoras e de impacto que passaram 54 horas construindo uma solução para esse tipo de problema que diariamente ocupa os noticiários brasileiros com relatos de crimes e abusos, obteve sucesso na formatação e construção do projeto e recebeu apoio inclusive da ONU Mulheres.

Se você deseja apoiar algumas iniciativas de mulheres de impacto, acesse a área exclusiva dos projetos que podem ser apoiados no site da Benfeitoria clicando aqui.

Baixar no Google Play

 

2 . Minha Voz – Depoimentos de mulheres vítimas de violência e canal anônimo de desabafo

No vídeo acima a Youtuber Júlia Tolezano, conhecida como Jout Jout, conta de forma divertida mas impactante algumas maneiras de descobrir que você está num relacionamento abusivo para sair o quanto antes dele. Nesse universo de milhares de relatos de intimidações, pressões, agressões psicológicas e até físicas, uma ferramenta permite visualizar histórias e relatos de vítimas mostrando a elas que não estão sozinhas e há milhares de casos de pessoas que passaram pelo mesmo tipo de situação e constrangimento.

O site Minha Voz permite o acesso desses depoimentos mostrando a dimensão do problema e permitindo o aprofundamento de alguns tipos mais graves que não se tornam público por medo, vergonha ou ameaça à uma vítima. A plataforma permite a qualquer usuário de forma anônima e garantindo o sigilo dos dados de acesso escreverem seus desabafos, contando suas histórias e ajudando a tornar pública várias situações que antes ficavam no anonimato, impedindo ou retardando mecanismos que poderiam ser executados para a solução ou impedimentos desses casos. O canal conta com um espaço em que o usuário pode enviar determinado tipo de questionamento sobre o assunto.

Acessar

 

3. Viva- Voz – Mapeamento online com envio de denúncias de agressões contra mulheres

Trata-se de uma ferramenta bem simples capaz de receber denúncias via geolocalização por GPS onde cada mulher vítima de agressão possa inserir o tipo de crime sofrido e a localização exata do ocorrido. O aplicativo é dividido em categorias que conseguem definir o tipo de agressão em suas mais variadas formas onde o usuário tem a opção de selecionar cada uma, sendo elas: A violência física, onde o agressor a bateu, empurrou, agrediu com objetos e etc; a violência sexual exibindo suas partes íntimas, tocando no seu corpo, com a prática do estupro e etc; e por último a violência moral, através de assovio ou buzinada, assédio por palavras, através de gestos e etc.

Com isso é possível visualizar algumas áreas em cada região onde há uma frequência maior de violação e desrespeito contra as mulheres que pode ser de grande valia para os órgãos locais competentes, auxiliando as autoridades locais na investigação e ajudando entidades diversas a instalarem campanhas e ações de conscientização e prevenção nas áreas onde as ocorrências são mais acentuadas. O Viva voz disponibiliza a Lei Maria da Penha em sua plataforma, empoderando as mulheres sobre seus direitos e conta também com telefones uteis para contato dos órgãos competentes, os principais podem ser usados por pessoas de qualquer cidade mas alguns deles são específicos para o estado da Bahia, onde os criadores da plataforma estão instalados. É garantido o sigilo e a privacidade dos dados de cada denunciante, prezando pela sua segurança e liberdade de denúncia.

Baixar na Play Store

 

4. bSafe – Segurança pessoal para acionar pessoas conhecidas em uma emergência

O aplicativo serve para ajudar qualquer pessoa que se sinta em perigo diante de qualquer situação de insegurança, para as mulheres pode ser de grande ajuda porque possibilita o contato de algumas pessoas selecionadas que são acionadas por um simples clique no botão de emergência. Vários recursos permitem uma integração em rede onde por exemplo a mulher pode solicitar que um amigo acompanhe a trajetória de um percurso via GPS, garantindo que qualquer desvio de rota no caminho anteriormente traçado seja notado. Talvez o maior diferencial da ferramenta seja a possibilidade de acionar um alarme e a partir dali o áudio e vídeo é gravado pela câmera do dispositivo gravando automaticamente tudo que esteja acontecendo.

Baixar na Play Store

 

5. Maternativa – Rede de comércio eletrônico para mães que desejam empreender

A Rede Maternativa criou uma plataforma de comércio eletrônico para ajudar mães que por um lado não querem perder  espaço no mercado de trabalho e por outro manter o compromisso de cuidar bem dos filhos, a oportunidade se dá onde através do site elas podem vender seus produtos e serviços figurando como um grande portal de empreendedorismo materno no Brasil.

O site de vendas é dividido por categorias onde qualquer pessoa pode adquirir produtos diversos criados por essa rede de mães empreendedoras, como: Artesanato, brinquedos, roupas infantis, festas, pets, tecnologia e comunicação por exemplo. A mãe que deseja empreender é simples, basta clicar em ‘Quero vender’, verificar se atende aos requisitos necessários e efetuar seu cadastro como vendedora na plataforma que disponibiliza um espaço exclusivo no site contendo  descrição,  localização e a exposição virtual dos produtos e serviços. O propósito da rede é transformar a relação entre mães e o mercado de trabalho, possuem um grupo de trabalho com mais de 18 mil mães e organizam encontros gratuitos para mães empreendedoras com foco em Networking e formação para os negócios.

Acessar

 

6. Lady Driver – Aplicativo de táxi feito só por mulheres

O aplicativo chega para ajudar inúmeras mulheres que reclamam de problemas diversos que ocorrem diariamente no transporte privado devido a algum tipo de constrangimento que sofrem. O Lady Driver é feito por mulheres motoristas com transporte exclusivamente para o transporte de passageiras, trazendo uma maior segurança diante do medo que muitas têm de serem assediadas durante o trajeto que desejam, principalmente em locais e horários onde é maior o risco, ampliando a liberdade de se locomoverem nos finais da noite ou feriados por exemplo.

É importante salientar que elas mandam muito bem no trânsito sendo mais cautelosas do que os homens na estrada, estudos afirmam que mulheres conduzem bem melhor os veículos do que os eles, uma cultura que vem sendo cada vez mais difundida e comprovada por todos. Por um lado a ferramenta traz segurança e por outro abre portas para as mulheres que querem conquistar sua independência financeira, o cadastro é simples e pode ser feito diretamente pelo site, que oferece treinamento e suporte. Assim como nos aplicativos semelhantes de táxi a motorista tem liberdade para escolher seus próprios horários de trabalho tendo também total comodidade para garantir renda sem deixar compromissos com a família de lado.

Confira alguns detalhes do app para as motoristas:

Acessar

 

7. Chega de fiu-fiu – Mapeamento de denúncias com casos de assédio 

A iniciativa faz parte de uma campanha que visa receber relatos e denúncias dos mais variados tipos de assédios que milhões de mulheres sofrem diariamente no país, aquela cantada que na verdade é um disfarce causando incômodo à mulher pela abordagem ou toque indesejado que acaba violando o direito da privacidade de cada uma delas pode com a ferramenta ser mapeado através da geolocalização e também funcionar como um mural anônimo de relatos de casos. A campanha pode ajudar a identificar locais perigosos e mais vulneráveis a esse tipo de má conduta.

Acesse aqui

*Se deseja informar algum erro, adicionar alguma informação que agregue a este conteúdo ou alertar sobre direito autoral infringido por favor CLIQUE AQUI, agradecemos desde já a contribuição.

    Assuntos relacionados

    comentar:

    Política de comentários:

    Faça o bom uso desse espaço, de forma respeitosa. Comentários anônimos não serão permitidos, ou os que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. A configuração de comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos e etc. serão excluídos pelos moderadores do site sem aviso prévio diante análise interna. Não são permitidos links e propaganda de produtos e serviços.

Menu e Busca