9 ferramentas de cidadania para solução de problemas e participação ativa

Lista reúne sites, ferramentas e aplicativos pra que cada cidadão possa denunciar, contribuir, acompanhar e mobilizar a sociedade em que vive para resolver os problemas locais e criar soluções inovadoras para a comunidade.

1. Colab.re –   Denúncia, participação e acompanhamento dos problemas da cidade.

Com o Colab é possível através do seu computador ou do celular denunciar qualquer tipo de problema que esteja acontecendo no seu bairro, cidade ou estado. Basta apenas tirar uma foto, selecionar o tipo de problema, dar mais detalhes sobre o mesmo na descrição e escolher o local do problema relatado via localização de GPS e pronto! Sua denúncia estará no ar e poderá receber apoio das outras pessoas que podem acompanhar o andamento da mesma com a possibilidade de ser ser rastreada pelos órgãos competentes caso já estejam fazendo o uso da ferramenta que é gratuita, nos seus recursos básicos, para uso do poder público municipal e estadual, tendo em mãos uma ferramenta de rastreamento de ocorrências como também uma ferramenta de comunicação com os cidadãos locais que nos recursos premium oferecem notificações para enquetes e consultas públicas.

Com isso a prefeitura ou o governo do estado responde a sua ocorrência enviando um número de notificação que pode ser acompanhado junto ao orgão em questão. Quando o problema é resolvido todos ficam sabendo pois  tudo pode ser visto na timeline dos que estarão na mesma localidade, você pode também propor idéias e avaliar serviços públicos. A ideia bem sucedida já foi premiada mundialmente e pode ser usada de graça, basta fazer o cadastro, com a possibilidade de um simples login pelas redes sociais, após isso é só denunciar ou participar de diversas formas, apoiando, comentando ou divulgando determinado problema de seu interesse aumentando a pressão pra que seja resolvido o quanto antes.

Os problemas são divididos em diversos tipos de categorias como por exemplo: Estacionamento irregular, focos de dengue, equipamento público danificado, limpeza urbana, iluminação pública, vazamento de água, fiscal de trânsito, parque infantil dentre outros que fazem da plataforma um canal completo para denúncias da sua cidade. A interação com alguma prefeitura ou governo do estado que usa o painel exclusivo para o gestor público possibilita que cada usuário receba um protocolo da denúncia feita e interaja através de comentários na mesma, sendo tudo datado estando devidamente público mostrando ao cidadão o tempo exato em que se encontra a situação relatada ou a data que o problema foi finalmente solucionado. Convide seus amigos nas redes sociais diretamente pelo site e crie uma rede engajada em apontar problemas e acompanhá-los até ver sua solução.

Algumas prefeituras que aderiram ao uso da plataforma e por isso tem condições de receber denúncias diretamente nos órgãos competentes são: Niterói (RJ), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Santos (SP), Pelotas (RS), Teresina (PI), Natal (RN), Campinas (SP), Rondonópolis (MT), Petrolina (PE), Juiz de Fora (MG), Araquari (SC), Maracanaú (CE), Tietê (SP), Aparecida de Goiânia (GO), São Leopoldo (RS), Moreno (PE), Piraí (RJ), Santo André (SP), Holambra (SP), Guarujá (SP), Piraquara (PR), Macatuba (SP), Altinópolis (SP), Sumaré (SP) e diversas outras que podem ser encontradas no site oficial do Colab.re.

Veja o vídeo:

Acessar

 

2. Atados – Mobilize-se, confira ofertas de trabalho voluntário ou ofereça alguma!

Através desse site você pode ver os mais diversos trabalhos voluntários disponíveis perto de você ou propor algum pra que as outras pessoas possam aderir. O usuário além do acesso a plataforma de voluntariado também pode receber via e-mail o alerta de alguma vaga disponível através das newsletters enviadas periodicamente. O painel disponibiliza o tipo de vaga disponível, a localização e a entidade ou movimento que está necessitando, citando ainda a data que foi aberto o pedido. Além das ofertas, há também conteúdo no blog com dicas e sugestões diversas, um guia para melhorar a gestão dos voluntários também está sendo disponibilizado (até a data da inscrição desse post). Cada ONG ou entidade pode realizar o cadastro na plataforma, não pense duas vezes, tome uma atitude e se junte a essa rede do bem!

Acessar

 

3. Panela de pressão  – Mobilize e faça pressão em cima dos governantes e tomadores de decisão!

A panela de pressão é uma ferramenta que possibilita criar mobilizações diversas da sociedade que vão direto para quem pode ajudar a resolver o problema, seja algum governante, legislador ou tomador de decisões do órgão público em questão. O site deixa bem claro que não se trata de um site de petições, mas sim de campanhas que podem ser criadas e acompanhadas com mensagens que chegam diretamente em quem pode agir na resolução do caso. O usuário pode criar uma mobilização, compartilhar com os amigos para ajudar na pressão e as mensagens chegam diretamente nos contatos das pessoas que podem resolver o problema.

Para isso é necessário verificar se já existe algum grupo formado atuando no seu município, São Paulo e Rio de Janeiro são algumas das cidades que já possuem equipes engajadas, trabalhando na adaptação da plataforma de acordo com os agentes e entidades da região como também criando uma rede local onde seja de forma online ou offline possam criar formas de ajudar as pessoas a se aproximarem das tomadas de decisões políticas. Para ser um fundador e mobilizar pessoas na sua cidade, clique aqui.

A iniciativa faz parte de um projeto bem-sucedido da ONG Meu Rio que se expandiu para atuação em todo o Brasil, várias outras ferramentas estão disponíveis no site Nossas. Atualmente as cidades com grupos já formados, até a data da publicação desse post, são: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Recife (PE), Campinas (SP), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), Ouro Preto (MG), Blumenau (SC), Garopaba (SC) e Oiapoque (AP).

Veja o vídeo de uma fundadora da entidade contando seus objetivos:

Acessar

 

4. e-Democracia – Participe do legislativo federal acompanhando e contribuindo com as leis e suas discussões.

A plataforma é uma iniciativa da Câmara dos deputados, onde o cidadão pode acompanhar ao vivo audiências interativas e participar enviando perguntas, editar e aprimorar projetos de lei artigo por artigo através da ferramenta chamada Wikilegis como também participar de discussões diversas, dando sua opinião sobre assuntos que podem impactar diretamente na sua vida e discutir soluções com outros cidadãos e deputados. Tudo isso foi construído pelo LabHacker, na Câmara dos deputados, um espaço criado para promover o desenvolvimento colaborativo de projetos de cidadania inovadores, relacionados com o poder legislativo.

Acessar

 

5. Cidade democrática – Aponte problemas e crie propostas inovadoras através da inteligência coletiva.

O site foi criado para aumentar a colaboração participativa, onde as pessoas podem apontar problemas em comum e verificar quais as melhores soluções através da inteligência coletiva. É voltado para cidadãos comuns, entidades diversas, gestores públicos e parlamentares que podem apontar meios inovadores para problemas antigos da comunidade. Segundo o site o usuário pode criar e divulgar propostas e problemas como também conversar com outros atores sociais; receber apoio para suas propostas e problemas; conhecer o cenário local e ter acesso a informações sobre temas de seu interesse naquela localidade; formar redes de pessoas e entidades que atuam em certos assuntos; propor ideias e seguir as discussões sobre o tema de interesse.

Veja o vídeo:

Acessar

 

6. e-Cidadania – Proponha leis ao Senado Federal, participe dos debates e opine sobre projetos de lei.

A ferramenta exclusiva para o Senado dá oportunidade aos cidadãos opinarem através da abertura para consulta pública sobre determinados projetos de lei em andamento na casa, além disso os usuários podem propor novas leis de sua própria autoria e participar dos debates através de eventos interativos. Uma das ideias propostas já virou projeto de lei, dando esperanças aos cidadãos que há chances reais de serem ouvidos através do meio online que não apenas aproxima mas também cria vínculos de participação e colaboração dando vez e voz aos brasileiros que se propõem a agir diretamente na política e estão de olho em tudo que está acontecendo.

Acessar

 

7. Me Representa – Veja quais são as candidaturas que mais atuam no respeito e na defesa dos direitos humanos na sua localidade.

A plataforma permite uma integração onde candidatas e candidatos que declaram suas posições políticas sobre igualdade de gênero, raça e orientação podem se cadastrar e assim serem identificados mais facilmente pelos eleitores que se alinham com essas questões, podendo escolher de acordo com os pensamentos desses temas defendidos por cada um. O primeiro teste foi feito em 2016 com as eleições para vereadores(as), segundo os criadores 57 candidatos que estiveram na plataforma foram eleitos em 37 municípios diferentes, além de outras centenas que ficaram como suplentes. Cada um teve que responder a perguntas sobre diversos temas da agenda de direitos humanos, como descriminalização e legalização do aborto, desmilitarização da polícia, adoção por famílias GLBTs, entre outros.

Acessar

 

8. Change.org – Crie um abaixo-assinado e mobilize sua rede virtual de contatos por determinada causa podendo acompanhar o resultado.

Essa é uma das mais diversas ferramentas na web que existem para petição online, mas pode ser uma das mais completas  por ter várias funções importantes para o usuário que deseja fazer sua mobilização virtual. Ela permite o compartilhamento na rede social, o envio por mensagem ou e-mail, além de dar possibilidade de inserir em sites um código no post para divulgação da campanha. O usuário poderá acompanhar a quais destinatários foram entregues a petição, verificar o número total de apoiadores e o mais importante: Acompanhar o andamento estando atualizado sobre a mesma com a descrição e linha do tempo citando todo o histórico da causa. A ferramenta também permite comentários de apoiadores e seleciona outras causas relacionadas que podem ser apoiadas.

Acessar

 

9. Catarse.me – Financiamento coletivo de projetos, crie sua campanha ou contribua com alguma.

Diversos projetos podem ser criados para resolver os mais variados tipos de problemas através do Catarse, que é um dos sites de financiamentos coletivos mais acessados no país. Como usuário você poderá criar campanhas para qualquer finalidade, seja a realização de algum evento cultural na comunidade ou qualquer outra coisa que desejar e aposta no meio coletivo através de apoiadores da causa ou fãs de suas criações. Qualquer um pode explorar projetos existentes de acordo com determinado tema de seu interesse, estando ele ainda no ar ou já finalizado, alguns deles são: Arquitetura e urbanismo; artes; ciência e tecnologia; cinema e vídeo; design e moda; educação; esporte; fotografia; gastronomia; quadrinhos; música; socioambiental; teatro e dança entre outros.

Cada interessado em realizar alguma campanha tem um espaço que disponibiliza a inserção de vídeos, imagens e texto como também tem a oportunidade de oferecer  recompensas aos usuários que desejam apoiar de acordo com determinado valor em troca de algo. A plataforma é altamente segura, o interessado pode efetuar o pagamento por diversos meios como boleto ou cartão de crédito por exemplo. Cada campanha tem um tempo estipulado como meta para estar no ar e alcançar a meta determinada, um contador sinaliza quantos dias faltam para a campanha chegar ao fim e dá uma porcentagem de valor alcançado até o momento.

Um suporte está pronto para dar todo o apoio necessário para dúvidas e questionamentos diversos durante o processo de criação do projeto, a Escola Catarse é uma das novidades para ajudar os membros do site contendo vídeos, e-books e entrevistas com realizadores a fim de contribuir para o planejamento da campanha. Ao final dela com o alcance da meta, uma porcentagem é retida como comissão para o site. Dois modelos de campanha podem ser feitos: No tudo ou nada, caso não seja atingido a meta necessária você não recebe e o valor volta para os usuários, tendo um prazo máximo de 60 dias para estar no ar, já na campanha flex esse prazo é estendido para até 12 meses e você recebe o todo o dinheiro mesmo que não tenha atingido a meta de arrecadação.

Atualmente a taxa de comissão por cada campanha para o site é de 13% do total, a diferença entre as campanhas é que as tudo ou nada que não atingem a meta elas não necessitam pagar nada. Explore todo o site colhendo o maior número de informações possíveis para ter uma campanha bem sucedida, veja os exemplos das campanhas que foram finalizadas atingindo suas metas e confira os depoimentos de quem teve projetos alcançados com tamanha satisfação de seus realizadores e apoiadores.

Segundo o site, até o momento da data dessa publicação, mais de 415 mil pessoas já apoiaram algum tipo de projeto no catarse captando assim cerca de 64 milhões de reais investidos nas ideias publicadas por lá em mais de 5.180 projetos diversos.

Veja o vídeo:

Acessar

*Se deseja informar algum erro, adicionar alguma informação que agregue a este conteúdo ou alertar sobre direito autoral infringido por favor CLIQUE AQUI, agradecemos desde já a contribuição.

    Assuntos relacionados

    comentar:

    Política de comentários:

    Faça o bom uso desse espaço, de forma respeitosa. Comentários anônimos não serão permitidos, ou os que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. A configuração de comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos e etc. serão excluídos pelos moderadores do site sem aviso prévio diante análise interna. Não são permitidos links e propaganda de produtos e serviços.

Menu e Busca