Dráuzio Varella fala sobre calvície e o motivo de não ter cura, veja dicas

A cura da calvície e o tratamento que existe para ela são assuntos abordados em vídeo pelo médico Dráuzio Varella em resposta a um dos usuários do seu canal de saúde no Youtube.

A calvície é um problema que deixa muitos homens de cabelo em pé, aliás, deixa qualquer um preocupado mesmo quando acontece o contrário, quando esses cabelos começam a cair, daí surge a preocupação em achar a melhor solução para evitar a queda ou até mesmo alguma forma de curar esse tipo de problema que tanto afeta os homens, também algumas mulheres, afetando inclusive em alguns a autoestima. O médico Dráuzio Varella postou em seu canal uma resposta a um usuário sobre esse tipo de problema, que começou a lhe atingir já na adolescência na entrada da faculdade e anos depois na saída dela já era claro e notório sua calvície.

Varella explica que a maior parte dos casos de calvície acontece por herança genética, atentando para o fato que geralmente quem é acometido pelo problema tem casos muito próximos nos parentes como pais, irmãos, tios ou avós por exemplo. Um dos motivos para que não haja cura segundo ele é que o folículo piloso, que fica abaixo da pele, morre completamente ficando assim inviável qualquer medida para a volta do cabelo já que o organismo é incapaz de repor ele de volta, explicou no vídeo citando a frase abaixo:

Se você corta o cabelo ele cresce outra vez porque o folículo está íntegro. Na calvície você perde completamente, então precisaria de um método de tratamento que fizesse esse folículo se regenerar e nós não temos ainda.

O médico avisa que existem alguns remédios capazes de estimular o crescimento do cabelo, mas não são capazes de agir em casos de calvície mais avançadas e brinca consigo mesmo ao citar que é exatamente a situação dele.

Dr Rey cita formas eficientes de combater a calvície

Dr. Rey, conhecido médico-cirurgião nos EUA, afirma em um dos vídeos de seu canal no Youtube que os maiores problemas estéticos do homem que podem atrapalhar inclusive suas chances de entrada no mercado de trabalho em uma situação de concorrência em época de crise de desemprego, em grandes companhias por exemplo, pode ser a aparência comprometida com problemas de olheira, também o famoso ‘papo’ e a calvície. Infelizmente ainda é algo que ainda existe embora já internamente no mercado seja relutado por muitos profissionais que defendem a inserção pelo talento e habilidade técnica /comportamental do indivíduo e não pelas suas características externas. Diante disso o médico dá algumas dicas para se evitar a calvície e combater ao máximo a queda de cabelo, citando o stress como um dos fatores fortes para acelerar o processo de queda do cabelo.

No vídeo Dr. Rey cita um medicamento químico mas orienta ao interessado procurar a indicação de um profissional dermatologista para prescrever algo específico para o caso de calvície daquele paciente. Algumas dicas passadas são de alimentos naturais que podem ajudar no processo, um deles é o óleo de coco e explica que existe um mito que o produto pode causar um tampão no folículo capilar, que não é o caso. Rey não só orienta como usa e brinca que as meninas que cuidam da limpeza do quarto onde ele comumente dorme sempre encontram os travesseiros onde o médico dorme bem molhados devido ao uso comum, costuma sempre usar o óleo puro de coco aplicando no cabelo antes de dormir.

Outros procedimentos estéticos possíveis são mostrados no vídeo, que podem ser feitos mas diante de orientação médica de um dermatologista especializado.

 

*Se deseja informar algum erro, adicionar alguma informação que agregue a este conteúdo ou alertar sobre direito autoral infringido por favor CLIQUE AQUI, agradecemos desde já a contribuição.

    Assuntos relacionados

    comentar:

    Política de comentários:

    Faça o bom uso desse espaço, de forma respeitosa. Comentários anônimos não serão permitidos, ou os que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. A configuração de comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos e etc. serão excluídos pelos moderadores do site sem aviso prévio diante análise interna. Não são permitidos links e propaganda de produtos e serviços.
Menu e Busca