Youtuber sofre tentativa de estupro em barco na Amazônia, saiba denunciar

Durante viagem em um barco na Amazônia, casal de aventureiros do Youtuber passa por situação de constrangimento em tentativa de estupro de um homem que estava prestes a descer em um dos portos.

Um casal de aventureiros do canal Vivendo Mundo Afora resolveu sair de uma cidade de Santa Catarina e viajar pelo mundo a bordo de uma Kombi personalizada, como um motor-home, aqueles veículos que funcionam como uma verdadeira casa sobre rodas e assim viajam pelo Brasil registrando paisagens lindas do país como também lugares inusitados que chamam a atenção dos internautas garantindo que o canal tenha hoje milhares de inscritos, até o momento da criação dessa publicação já ultrapassa os 179 mil.

Infelizmente Otaviano e Vanessa passaram por um momento lamentável durante a travessia de balsa a bordo de um barco indo de Santarém/PA para Manaus/AM. A viagem de duas noites acabou com um episódio de tentativa de estupro, enquanto Vanessa dormia em uma das redes um homem aparentemente bêbado tocou as partes íntimas da Youtuber que logo percebeu e acordou assustada dando um empurrão no agressor. O momento aconteceu durante a parada em um dos portos na rota, o homem argumentou que quase caiu e acabou se esbarrando na Vanessa, as lâmpadas do barco logo foram acesas mas a omissão das pessoas no espaço onde dormiam, embora estivessem sido acordadas pelo pânico, pode se tornar um fator que contribui para a perpetuação de crimes como esse.

Segundo Vanessa, outra mulher que estava dormindo perto também percebeu que enquanto dormia um homem estivesse a tocando e relatou o caso ao namorado. O marido de Vanessa estava dormindo bem embaixo da youtuber, em um colchonete no chão, mas mesmo assim isso não foi impedimento para o homem, que já estava de saída para desembarcar no porto, cometesse o ato violento contra a mulher. Segundo comentários no próprio vídeo e também de acordo com matérias vistas na imprensa local, é grande o número de crimes contra as mulheres em barcos, inclusive outros casos banais de violência onde por motivos banais assassinatos são cometidos de forma brutal.

Em casos como esse o ideal seria não deixar passar em branco, acionar a polícia imediatamente e tomar as atitudes cabíveis para a devida punição do agressor. Um aplicativo pode ajudar nesse processo mapeando os tipos de violência seja ela moral, física ou sexual. Basta selecionar o tipo, escolher um dos casos sofridos ou relatar algum não especificado e de acordo com o GPS é possível mapear pela geolocalização onde os casos acontecem, a fim de alertar outras mulheres sobre prováveis áreas de risco e também ajudar a pressionar por maiores políticas públicas com medidas protetivas e para uma atenção especial nesses locais onde os casos são mais acentuados, o aplicativo chama-se Viva Voz e pode ser baixo na Play Store clicando aqui. Mas uma das melhores opções disponíveis ainda é  o aplicativo de denúncia do governo federal, chamado Clique 180 que além de receber a denúncia também presta serviços de assistência ás vitimas como também emite alertas para áreas de perigo, para baixar o aplicativo clique abaixo:

Clique aqui

Veja o vídeo com mais detalhes sobre o aplicativo Clique 180:

*Se deseja informar algum erro, adicionar alguma informação que agregue a este conteúdo ou alertar sobre direito autoral infringido por favor CLIQUE AQUI, agradecemos desde já a contribuição.

    Assuntos relacionados

    comentar:

    Política de comentários:

    Faça o bom uso desse espaço, de forma respeitosa. Comentários anônimos não serão permitidos, ou os que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. A configuração de comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos e etc. serão excluídos pelos moderadores do site sem aviso prévio diante análise interna. Não são permitidos links e propaganda de produtos e serviços.
Menu e Busca